Pancrácio de Taormina

Da wiki OrthodoxWiki
Ir para: navegação, pesquisa

O Santo Hieromártir Pancrácio, Bispo de Taormina (séc. I), foi um santo mártir antioquino que exerceu o bispado na cidade de Taormina, na ilha romana de Sicília. A Igreja o comemora nos dias 9 de fevereiro e 9 de julho. Suas relíquias encontram-se numa igreja dedicada a ele na Itália.

Vida

Pancrácio era um nativo de Antioquia e nascido enquanto Nosso Senhor Jesus Cristo ainda estava em seu ministério terreno. Quando seus pais ouviram sobre as boas novas, foram com seu filho a Jerusalém para ver o Mestre com seus próprios olhos. Os grandes milagres maravilharam-nos de tal forma que passaram a crer em Cristo como Filho de Deus. A família de Pancrácio tornou-se próxima dos apóstolos, especialmente de São Pedro.

Após a Ascensão do Senhor, um dos apóstolos veio a Antioquia e batizou os pais de Pancrácio juntamente com toda a sua família. Depois da morte de seus pais, Pancrácio abandonou todos os seus bens e dirigiu-se para Ponto, na Anatólia (atual Turquia), vivendo numa caverna onde passava seus dias em oração e em profunda contemplação espiritual. O santo Apóstolo Pedro visitou Pancrácio, e levou-o de volta a Antioquia, e então à Sicília, onde vivia o santo Apóstolo Paulo. Lá, ambos os apóstolos ordenaram-no Bispo de Taormina (uma cidade da Sicília).

São Pancrácio trabalhou zelosamente pela iluminação cristã da população. Em um só mês ele ergueu uma igreja, na qual celebrava os Ofícios Divinos. O número de fiéis rapidamente cresceu, e quase toda a população de Taormina e dos arredores aceitou a Fé Cristã. São Pancrácio governou seu rebanho pacificamente por muitos anos.

Entretanto, os pagãos conspiraram contra o santo, e aproveitando um momento apropriado, apedrejaram-no até a morte. Assim, São Pancrácio terminou sua vida terrena como um mártir.

Ligações externas