Proclo e Hilário de Ancira

Da wiki OrthodoxWiki
Ir para: navegação, pesquisa

Os Santos Mártires Proclo e Hilário de Ancira (m. 106) foram santos martirizados no século II na Anatólia Central, durante o reinado de Trajano. A Igreja os comemora no dia 12 de julho.

Vida

Proclo e Hilário, seu sobrinho, eram cristãos naturais da vila de Calipe, nos arredores de Ancira, e sofreram durante a perseguição do Imperador Trajano (98–117). São Proclo foi preso primeiro, e quando foi trazido perante o governador Máximo, corajosamente confessou sua fé em Jesus Cristo. O governador, então, decidiu forçar o santo a submeter-se a ele e oferecer sacrifícios aos deuses pagãos. Em suas torturas, o mártir predisse ao governador que brevemente ele é quem seria forçado a confessar Cristo como o verdadeiro Deus.

O mártir foi forçado a correr atrás da carruagem do governador, que se dirigia a Calipe. Exausto, São Proclo rogou que o Senhor parasse a carruagem. Pelo poder de Deus, ela parou, e força alguma conseguia fazê-la mover do lugar. O dignatário que a comandava petrificou-se com o ocorrido, e o mártir o disse que ela não sairia do lugar até aquele assinasse um documento confessando Cristo.

O pagão, humilhado, vingou-se ferozmente contra o santo. Ele ordenou que São Proclo fosse levado à fronteira da cidade, amarrado a um pilar e acertado com flechas. Os soldados, enquanto o levavam, pediam que ele desistisse e salvasse sua vida, mas o santo apenas disse para seguirem as ordens de seus superiores. Então, Hilário viu São Proclo, e correu em lágrimas para abraçar seu tio, confessando-se também um cristão. Os soldados cercaram-no e o prenderam. O santo mártir Proclo rezou pelos seus torturadores, e entregou sua alma a Deus sob uma saraivada de flechas.

Santo Hilário foi levado a julgamento, e com a mesma coragem de São Proclo novamente confessou-se cristão. Após ser torturado, o santo mártir foi sentenciado à morte. Suas mãos foram amarradas, e arrastaram-no pelos pés por toda a cidade. Ferido e ensaguentado, São Hilário foi finalmente decapitado. Os dois mártires foram enterrados juntos por cristãos piedosos.

Hinos

Tropários

Teus mártires Proclo e Hilário,
em sua luta por Ti, Senhor,
de Ti receberam a coroa eterna.
Recebendo forças de Ti, ó nosso Deus,
derrotaram os tiranos,
e destruíram a pretensão impotente dos demônios.
Por suas intercessões,
ó Cristo Deus,
salva nossas almas.

Ligações externas