Basílio, o Grande

Da wiki OrthodoxWiki
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo ou seção é um esboço (isto é, precisa ser complementado). Você pode ajudar a OrthodoxWiki expandindo-o.
São Basílio, o Grande

São Basílio, o Grande ou Basílio de Cesareia na Capadócia (em grego: Βασίλειος ὁ Μέγας; n. 330 - 1 de janeiro de 379) foi Arcebispo de Cesareia na Capadócia, influente teólogo, reconhecido também pela sua humildade e ações filantrópicas. É um dos Santos Padres da Capadócia, juntamente com seu irmão São Gregório de Nissa. É considerado um dos Três Santos Hierarcas (cuja festa é comemorada em 30 de janeiro), junto a São João Crisóstomo e São Gregório, o Teólogo. A memória de São Basílio é comemorada em 1 de janeiro.

Vida

São Basílio nasceu no ano de 330 em Cesareia, centro administrativo da Capadócia, vindo de uma linhagem ilustre, reconhecida pela sua riqueza e pelo seu zelo quanto à Fé Cristã. Sua mãe, Santa Emília, foi filha de mártires. Seu pai, também chamado Basílio, foi um advogado que vivia em Cesareia. São Basílio foi o primeiro dos nove filhos do casal, dentre os quais cinco são contados entre os santos: Santa Macrina, exemplar da vida ascética e que teve uma enorme influência na vida e na formação do caráter de São Basílio; São Gregório, que posteriormente se tornou Bispo de Nissa; São Pedro, Bispo de Sebate, e Santa Teosébia, diaconisa.

São Basílio passou os primeiros anos de sua vida na propriedade de seus pais, próxima ao rio Íris. Cresceu sob os cuidados de sua mãe, Emília, e sua avó, também chamada Macrina, e foi educado inicialmente pelo pai. Mais tarde, sua educação foi confiada aos melhores professores de Cesareia na Capadócia, e foi desse modo que conheceu São Gregório, o Teólogo. São Basílio estudou também em Constantinopla, onde aprendeu sobre filosofia e retórica, e completou sua educação em Atenas, o centro da cultura clássica.

Após cerca de cinco anos em Atenas, São Basílio havia dominado todas as disciplinas que podia. Dedicava-se a cada ciência como se não pudesse estudar nada além dela, até que a dominasse. Assim, tornou-se um filósofo, filólogo, jurista, orador, naturalista, e um profundo conhecedor de matemática, astronomia e medicina.

Em Atenas, a amizade entre São Basílio e São Gregório, o Teólogo se desenvolveu e ambos continuariam amigos ao longo de suas vidas. Ambos diziam até que eram uma única alma em dois corpos. Anos mais tarde, ao escrever sua eulogia a São Basílio, São Gregório falou desse período com enorme alegria.

Por volta do ano 457, São Basílio retornou para Cesareia, onde por um período se dedicou à retórica. No entanto, recusando as ofertas dos cidadãos de Cesareia que queriam confiar a ele a educação de seus filhos, São Basílio decidiu iniciar uma vida dedicada a Deus.

Após a morte de seu pai, tanto sua mãe quanto sua irmã mais velha, além de outras tantas servas, decidiram se retirar para a propriedade da família em Iris e lá iniciar uma vida no caminho do asceticismo. São Basílio foi batizado por Dianios, Bispo de Cesareia, e feito leitor.

Mais tarde, a fim de que fosse guiado ao conhecimento da Fé Verdadeira, o santo viajou para o Egito, Síria e Palestina, a fim de encontrar os grandes ascetas cristãos que ali habitavam. Ao retornar para a Capadócia, São Basílio decidiu fazer exatamente o que eles faziam: distribuiu suas riquezas para os necessitados, e se estabeleceu no lado oposto do rio - não muito longe de sua mãe Emília e sua irmã Macrina, reunindo consigo monges adeptos ao cenobitismo [1]

Por meio de suas cartas, Basílio levou seu bom amigo Gregório, o Teólogo, ao mosteiro. São Basílio e Gregório trabalhavam em abstinência estrita no lugar em que habitavam, o qual era muito humilde: comida simples, não havia lareira nem telhado. Eles próprios removeram as pedras, carregaram peso, plantaram e regaram as árvores, de modo que suas mãos estavam constantemente calejadas pelo trabalho árduo.

Em sua solidão, ambos os santos se ocuparam de um intenso estudo das Sagradas Escrituras, guiados pelos comentários dos Santos Padres. De todas essas obras, eles compilaram uma antologia chamada "Filocalia". Também nesse período, a pedido de outros monges, São Basílio escreveu uma coleção de regras para uma vida virtuosa. Pelas suas pregações e por seu exemplo, São Basílio colaborou para a perfeição espiritual dos cristãos da Capadócia - e, de fato, muitos vieram a ele. Foram então organizados mosteiros para homens e mulheres, nos quais São Basílio procurou combinar o estilo de vida cenobítico com o de eremita.


Pós-vida

Obras

Ligações Externas

Notas

  1. Cenobita é uma palavra originada de "κοινός" (comum) "βίος" (vida), e se refere ao estilo de vida monástica daquele que opta por viver em comunidade, junto a outros monges.