Leôncio de Quieve

Da wiki OrthodoxWiki
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo ou seção é um esboço (isto é, precisa ser complementado). Você pode ajudar a OrthodoxWiki expandindo-o.

Metropolita Leôncio de Kiev (?-1008) foi um Metropolita de Kiev da recém iluminada Rus' de 992 até o seu falecimento. É tradicionalmente posto como o segundo metropolita desta sé, mas opiniões divergem entre estudiosos.[1]

Como todos os primeiros metropolitas de Kiev, era grego de nascimento. Durante o seu episcopado as relíquias da Santa Grã-Duquesa Olga foram transferidas pelo Santo Grão-Príncipe Vladimir para a Igreja do Dízimo. Alguns estudiosos acreditam que ele poderia ter sido o primeiro metropolita da nova diocese, posto tradicionalmente atribuído a São Miguel de Kiev. A questão continua sendo controversa. Sua Eminência repousou no Senhor em 1008 (segundo algumas fontes, 1007).[1]

Controvérsia

Sobre a questão de quando Leôncio pastoreou nesta diocese, há duas opiniões: alguns estudiosos acreditam que ele foi o primeiro Metropolita de Kiev, outros, o segundo. Ambas as opiniões dos pesquisadores são provadas pelas crônicas e outras fontes históricas que contradizem e excluem-se mutuamente.

Segundo a antiga tradição popular, Miguel I de Kiev foi o primeiro bispo dirigente da Rus'. O Metropolita Eugene (Bolkhovitinov) de Kiev fez a primeira tentativa para cientificamente justificar esta tradição eclesiástica, e sob sua influência, esta visão recebeu uma declaração cientifica publicada na Academia Teológica de Kiev em 1839 por Eusébio Ilyinsky, mais tarde bispo de Tver e Kashin, sob o título de "Кто был первый митрополит Киевский?" (em português: "Quem foi o primeiro Metropolita de Kiev?"). Seu trabalho foi apoiado por historiadores do século XIX como Filareto de Chernigov, Macário de Moscou e Sergei M. Soloviev.[2]

Por outro lado, outros historiadores negaram este ponto da tradição apontando Leôncio como o primeiro. Esta tese já era apoiada desde a época de Eugene como por Nikolai M. Karamzin, Konstantin Bestuzhev-Rumin, Nikolai Kostomarov, Dmitry I. Ilovajskij e Solomin Malyshevsky.[2]

Uma opinião diferente foi expressa por J. N. Shchapov em seu livro "O estado e a Igreja na Antiga Rússia" (1989), onde expressou dúvidas se Miguel e Leôncio eram de fato metropolitas de Kiev e colocou Teofilato como primeiro.

Apesar de toda essa discussão, Leôncio ainda é tradicionalmente posto como segundo metropolita de Kiev e primaz local da Igreja Russa.

Notas

  1. 1,0 1,1 Леонтий, митрополит Киевский em Большая биографическая энциклопедия.
  2. 2,0 2,1 Леонтий (митрополит Киевский) em ru.wikipedia.org.