Alterações

Ir para: navegação, pesquisa

Pantelimão, o Anárgiro

11 bytes adicionados, 15h58min de 30 de março de 2020
Pós-vida
== Pós-vida ==
[[Imagem:Panteleimon2.jpg|miniatura|200px|direita]]
Embora o santo tivesse sido entregue à cremação, seu corpo permaneceu intacto, e foi mais tarde enterrado pelos cristãos, dos quais Laurêncio, Basso e Probo, seus servos que escreveram a vida do santo. São Pantelimão é venerado na Igreja como um poderoso santo e protetor dos soldados. Esse aspecto já vinha de seu nome de pagão Pantaleão, que significa “um leão “leão em todas as coisas”. Já seu nome de Batismo Pantelimão, “todo-misericordioso”“misericordioso em todas as coisas”, manifesta a veneração do mártir como um médico, motivo pelo qual ele é invocado também pelos que estão em guerras espirituais.
No século XII, o filho de São Mistiaslau I, Grão-Príncipe de Quieve (1125–1132), Iziaslau II, futuro Grão-Príncipe de Quieve (1146–1149, 1151–1154), recebeu o Santo Batismo sob o nome de Pantelimão, e possuía uma imagem do santo em seu capacete. Pelas intercessões do santo, Iziaslau permaneceu vivo durante uma batalha em 1151.
7 124
edições

Menu de navegação