Abrir menu principal

OrthodoxWiki β

Theodósia de Constantinopla

Santa Theodósia
miniatura
de Constantinopla
Virgem e Mártir

Santa Virgem e Mártir Theodósia de Constantinopla (séc. VIII) viveu e recebeu a coroa do martírio durante o período da heresia iconoclasta. Tornou-se órfã ainda muito jovem, vendeu sua herança, oferecendo metade em doações e outra metade para confeccionar ícones de Jesus Cristo, da Santíssima Theotokos e de Santa Anastásia. Tornou-se monja no mosteiro feminino dedicado à Santa Mártir Anastásia em Constantinopla. Quando, em 730, o imperador Leão III e o patriarca iconoclasta Anastásios ordenaram que o ícone de Cristo fosse retirado dos portões de Constantinopla, Santa Theodósia e outras monjas resistiram à heresia e correram para defendê-lo. Uma vez presa, foi torturada por sete dias e, no oitavo, teve a garganta cortada por um soldado. A memória de Santa Theodósia é comemorada em 29 de maio.